6 de jan de 2011

A cabana – Willian P. Young

Bom, com certeza você que está lendo já ouviu falar desse maravilhoso livro, há um projeto que pede para que outras pessoas leiam esse livro, para que ele se torne mais popular do que já é.

E eu, como uma boa leitora vou arregaçar as mangas, prender o cabelo e escrever um pouco sobre o livro pra vocês:

Na capa de trás do livro há uma breve resenha “ Durante a viagem de um fim de semana a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidencias de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas numa velha cabana. Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar a cabana onde aconteceu a tragédia. Apesar de desconfiado, ele vai ao local numa tarde de inverno e adentra passo a passo o cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda o seu destino pra sempre”.

Com as minhas palavras o livro trata-se de uma história extremamente tocante, tanto como mudou os personagens do livro, pode mudar um pouco do seu conceito sobre Deus e sobre religião, o que mais me marcou foi a facilidade da escrita para que como as pessoas pudessem entender o livro, mesmo que no fundo seja bem complexo tratando se de perdão quando algo pode parecer imperdoável, de amor e de amizade quando uma relação entre Deus e você parece ser impossível . Outra coisa foi que me surpreendeu foi a confirmação de que Deus não tem forma, pra mim Deus pode aparecer de um jeito, pra você de outro, Deus pode aparecer do jeito que ele quiser, como quiser, mesmo que seja pra você ele pode mudar quantas vezes quiser, o livro fala também que pode ser que você não encontre Deus em uma forma humana, mas que sempre vai encontrar ele numa música, num gesto, num quadro... E que a forma digamos “má” ou talvez “mandona” de Deus, talvez não exista...

No livro descobrimos também, que Deus pode evitar muitas coisas, muitas tragédias, e não evita todas, entendemos que liberdade e independência foi o homem quem escolheu, assim como escolheu a morte.

O personagem principal do livro, garante que esteve com Deus, Jesus e o espírito santo, e garante que tudo o que aconteceu dentro da cabana foi verdadeiro.

Falando assim do livro pode parecer um pouco confuso, mas imagine-se tendo uma conversa com Deus, o que você gostaria de perguntar a ele? Talvez confessar a ele...

Mackenzie Allen Phillips teve essa oportunidade, se gostaria de saber quais foram as perguntas que ele fez a Deus, e o que Deus respondeu a ele, vale muito a pena ler, acima de tudo compreender o que realmente é Deus e em o que realmente você acredita.

Bom a minha nota para o livro, não podia ser menor do que dez, como o livro faz o meu gosto, e pra ajudar eu amei... não podia ser outra a não ser 10... Bom é isso, vou deixar alguns comentários feitos por pessoas que leram:

“A beleza de "A cabana” não está em oferecer respostas fáceis para perguntas difíceis, mas em convidar o leitor a se aproximar de um Deus de misericórdia e amor no qual encontramos esperança e conforto” - Jim Palmer, autor de Divine Nobodies.

“Willian P. Young retirou o véu que muitas vezes me separava de Deus e de mim mesmo. A cada pagina, as obrigações e proibições impostas pela religião foram sendo deixadas para trás enquanto eu compreendia, pela primeira vez na vida, o real significado de Pai, Filho, e Espírito Santo.” – Patrick M. Roddy, produtor da ABC News e ganhador do prêmio Emmy

Espero que tenham gostado, e que leiam o livro, beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...